Terreiro recebe imunidade tributária

     

        A Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas concedeu na manhã desta sexta feira, 28 de agosto, a Imunidade Tributária ao Ilê Obá L’okê, importante terreiro de candomblé situado no bairro do Jockey Clube.
        Representantes do poder público, organizações do movimento social organizado e a comunidade religiosa Obá L’okê comemoraram com entusiasmo o reconhecimento da importância que o terreiro tem para a comunidade e para cidade de Lauro de Freitas.
        A imunidade tributaria foi entregue pelo procurador fiscal do município, Dr. Danilo Magalhães, a representante da Secretaria Municipal da Fazenda Dra. Luana Araújo, além do Superintendente de Promoção da Igualdade Racial, Cláudio Reis e a Dra. Cida Crusoé da Secretaria Municipal de Governo. Em seu discurso, Dra. Luana da Fazenda Pública Municipal, ressaltou a importância e a contribuição social que os templos religiosos tem para com a manutenção da cultura e afirmação da identidade ética em nossa cidade.
        Ricardo Andrade, diretor da SUPIR e coordenador do Orooni, rede jovem de candomblé, destacou que esse reconhecimento precisa ser estendido aos mais de 400 terreiros existentes no município e que a imunidade tributária é um importante passo para o processo de reparação do povo negro no Brasil.
        O representante do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, CMPIR, Ariosvaldo Menezes, elogiou o trabalho da SUPIR e ressaltou a necessidade dos negros e negras caminharem juntos no combate ao racismo, mesmo nas adversidades das relações políticas.
Por fim, o babalorixá, Vilson Caetano, sacerdote do Obá Lokê agradeceu aos presentes e afirmou que sua casa é um espaço público, destinado ao desenvolvimento social e que as portas do terreiro estarão sempre abertas à comunidade.

Deixe uma resposta